Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Invisible Girl Daily

Sou do tipo de pessoa que molha a casa depois da banho, come doces antes do almoço, briga com amigos as vezes sem razão, come toda a pipoca durante os trailers, erra, mas afinal quem é perfeito? Aproveite a vida enquanto a tempo.

Invisible Girl Daily

I always Knew this day would come

"Yesterdays gone we gotta keep moving on
I´m so thankful for the moments so glad I got to know
The times that we had I´ll keep like a photograph And hold you in my heart forever
I´ll always remember you
Everyday that we had all the good all the bad. I´ll keep them here inside
But right now we just cry Cause it´s so hard to say goodbye
I always knew this day would come"
 
Há algo em mim que sabe que esse dia vai chegar, vamos sofrer, vamos chorar, porque nos amamos mas o que nos separa...
A distância esta a estragar tudo. Desde ciúmes, à imensa saudade todos os dias é maior, as dúvidas.
Pode não ser nada, mas dentro de mim sei que esse dia vai chegar.

This one goes out to all the best friends

 

It's a different type of love, and maybe we all need a break from the achey, sweet love that comes with romance, the kind that excludes the rest of the world, the kind that's limited only to you and him / her.

 

So this one goes out to all the best friends in the world. The ones that smile for you when you excitedly fall in love with some new, unknown boy. The ones that sit beside you at two to five in the morning listening to you cry about said boy who cheated on you even though they've got to be up at six for work. The ones that take time off school just for a little naughty afternoon shopping and eating on weekday. The ones who drag you to social events just to distract you from a broken heart. The ones who respond to every facebook, every twitter status update, just so you don't feel so alone and ignored. The ones who recognize you have a right to feel as shitty as you do about the boy who hurt you even though they'd spent the last two years telling you he was nothing but trash, the ones who don't tell you you're a fool, the ones who tell you you've a right to hurt. Because they're also the ones who have the strength and the love enough to tell you to snap out of it, that he was never worth it, because they're also the ones who have the courage to be honest enough to tell you you'd be a fool to take the manipulative creep back. The ones who bombard his messenger account with warnings to leave you alone, the ones who tell him behind your back to leave you well and alone, to stop messing with your mind when he's already with someone else. The ones who introduce you to new and wonderfully normal and loving boys.

 

Friends never betray each other. We fight, sometimes. We disagree. We laugh at each other. But friends, friends are something else altogether. Friends are God's way of saying: here, I know it's tough trying to find your soulmate, but here are some other people you know for sure you can count on forever. They're like family, but better because they love you without the moral obligation attached.

If you really knew me...

 

Se me conhecessem mesmo, era isto que saberiam sobre mim...

Já tive desilusões, já chorei por pessoas que não o mereciam, tenho memórias boas e más, os momentos que vivi com as pessoas que são realmente importante nunca esquecerei, há pessoas que são inesquecíveis.

Já chorei de saudade, de alegria, de tristeza.Já chorei por nada. Muitas vezes sento-me na casa de banho ponho música e choro encostada à porta.

Se me conhecessem mesmo saberiam que não tive uma infância fácil, saberiam que ainda choro por isso. Que cada vez que penso no assunto, tenho vontade de chorar e de gritar. De fazer algo para tirar da minha memória. Saberiam que acho que a culpa em parte foi minha.

Se me conhecessem mesmo, deviam saber que adoro abraços, que me sinto protegida. Sinto que ninguém nem nada me pode afectar.

Deviam saber que sinto-me responsável por certas coisas que acontecem.

Na maior parte das vezes acho que não dei o melhor de mim.

Muitas vezes olho para uma certa foto e choro ao me lembrar que à mais de 8 anos que não queres saber de mim. Lembro-me que da última vez que nos vimos. Choro porque queria que fizesses parte da minha vida, queria que estivesses presente. Magoa imenso saber que não estas por perto porque simplesmente não queres. Penso muitas vezes se foi algo que fiz. Gostava que me explicasses o porque de não quereres fazer parte da minha vida.

Se me conhecessem mesmo saberiam que dificilmente me abro com alguém.

Há coisas que assisti que me metem medo, que cada vez que eles discutem tenho um medo terrível que volte ao que era antes. Mas finjo esse medo porque sei que a minha irmã se apoia em mim, sei que ela tem medo disso também e que cada vez que discutem ela corre para o meu quarto me abraça fica nervosa, e diz que tem medo. Eu finjo que não tenho medo, finjo que estou "numa boa", e digo-lhe para parar se ter paranóica.

Deviam saber que a música me acalma.

Todos os dias antes de adormecer leio, e penso que tudo era mais fácil se a minha vida fosse um livro, com uma capa bonita e um belo titulo.

Tenho muita mania de pôr os fones nos ouvidos e pôr a música com um volume que não me permite ouvir o que dizem, tanto para não ouvir ninguém , como para ignorar os meus pensamentos.

Que me sinto bem a andar sozinha na rua, que gosto de apanhar com chuvada . Que há coisas que não gosto de admitir. Há pessoas que me irritam profundamente, há atitudes que me fazem rir mas outras que me magoam profundamente, mas que não admito a ninguém.

Tenho grande dificuldade em falar das minhas "fraquezas" e medos. Há coisas que prefiro fingir que não vejo.

Em grande resumo é o que deveriam saber...

Porque falar sem conhecer é fácil.

 

Pág. 1/5