Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Invisible Girl Daily

Sou do tipo de pessoa que molha a casa depois da banho, come doces antes do almoço, briga com amigos as vezes sem razão, come toda a pipoca durante os trailers, erra, mas afinal quem é perfeito? Aproveite a vida enquanto a tempo.

Invisible Girl Daily

There's a time and place


Um sopro é o suficiente...

Um silêncio em troca de memórias, uma respiração mais lenta e tudo pode desaparecer. Espero o dia em que não sinta a tua respiração no meu ouvido, mais uma vez a minha mente me prega uma partida. Está tudo tão presente, fecho os olhos e ouço a tua voz ensonada e lembro-me de como me derreto só de pensar. Anseio pelo dia em que não pense em ti, que não me lembre do teu cheiro nem da sensação do teu toque. Quando tudo for passado em que só a menção do teu nome não causará tanta turbulência.

 

(Dói, quando mais precisava. preferiste virar costas.)

I can't fix my heart after this

E finges por fora que não queres saber, mas é nele que pensas ao deitar, são as memórias que te deixam acordada durante a noite. No fundo queres que tudo passe de um mal entendido, que afinal ele é o bom da fita. Que coisa mais absurda, nunca irá acontecer. Aquelas pequenas coisas que vemos que mata por dentro mas que o sorriso se mantêm. Esquecer é a palavra de ordem. Embora o que predomina é a raiva, a tristeza, a desilusão e o grau de idiota que se consegue atingir. Falta de aviso não foi, mas algo não deixou acreditar, algo mais dizia para continuar que de alguma forma iria dar certo. Mas as coisas não poderiam ser mais claras. Talvez as lágrimas que caiem sejam suficiente ou o sentimento de esquecida. Nada valeu, horas perdidas, tanta pressa para estar lá, quando ele nem sequer se interessava, tanta culpa por não estar mais presente, tretas. Tanta coisa que quero esquecer, as imagens que quero apagar mas que não consigo. Não percebo este nível de dissimulação, é demais para mim. Não consigo entender este tipo de pessoas.

Só sei que sinto-me ainda mais perdida e sozinha do que alguma vez me senti. Odeio a tua cobardia, odeio que deixes isto assim, deves estar muito orgulhoso do que és. Parabéns...

Falta de aviso não foi, eu parva não liguei, queria algo que pensava que estava em ti, não está. Era uma ilusão.

Acabou mas ainda me afectas. Não quero...