Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Invisible Girl Daily

Sou do tipo de pessoa que molha a casa depois da banho, come doces antes do almoço, briga com amigos as vezes sem razão, come toda a pipoca durante os trailers, erra, mas afinal quem é perfeito? Aproveite a vida enquanto a tempo.

Invisible Girl Daily

Oh Dear November...

large (8).jpg

 

 

 

Tens sido o pior mês de que tenho memória, arrancaste cada pedaço meu, amassaste e deitaste para o chão, onde não vai ninguém para os apanhar e voltar a juntar.

Não me perguntes como estou, não sei essa resposta. Só tenho perguntas, medos, dúvidas e um coração partido.

Os médicos não sabem quanto tempo tens de vida, também não queres recuperar, desististe da vida. Fazendo todos à sua volta sofrer e andar feitos doidos de um lado para o outro. Faz pensar mas quem somos nós, se ele nem sequer quer viver para me ver formar, para me ver casar, para me ver crescer... Custa-me tanto, mais que alguma vez poderei dizer, não sei... Mas mesmo assim continuas a ser mau para quem se preocupa contigo... Amor nunca foi uma palavra que fez parte do teu vocabulário, tu conheces bem o egoísmo e a falta de sensibilidade. Não deixas de ser pai e eu gosto de ti. Quero que fiques bem, somos 4 e não 3.

 

Um homem que me ama, ou amou, já não tenho bem a certeza. Algo que acabou mas ainda não acabou, confusão, saudade e dois anos que assim pegas e deitas fora, algo que construímos e sem mais nem menos decidiste abandonar um nós. Não entendo, nem sei se quero. Algo que desconheço nesta história toda, por mais que magoe, vou ter de te deixar ir, porque tu não queres ficar, espero que encontres o que andas à procura e espero que o preço de me perderes compense. Dói mas ninguém precisa de saber, amo-te mas posso amar calada mesmo que seja para sempre, este tipo de conexão não acontece duas vezes na vida. Ficam as memórias de tudo, e sempre no replay, lágrimas correram, dia melhores virão. Não sei quanto a ti, será que te vais aperceber? será que vai ser a tempo? Por enquanto fica com o teu caminho, que eu cá haverei de encontrar o meu. Se eles se tiverem de cruzar outra vez, veremos... Que aconteça o que tive de acontecer.

Força coração, mesmo partido tens muito para aguentar e um futuro para lutar e começar.

Dias melhores vão chegar, sorrisos virão...

Sinto muito por tu sentires tão pouco

large (27).jpg

 

"Eu gosto de você, mas você erra ao pensar que eu vou esperar para sempre, ao pensar que eu tenho todo tempo do mundo, erra ao pensar que eu não sofro com a sua ausência."

 

"...Faz tempo que eu quero te dizer, só que você não respondeu minha mensagem outra vez, então tive que engolir e fingir que não estou perdendo as esperanças em você. Ando pisando em cacos e dizendo que não dói, colocando curativos por cima sem nem mesmo tirar os pedaços antes. Mas esconder tudo isso não está funcionando mais...

Já escondi o máximo que pude, poupei tudo o que consegui para não ter que te dizer, só que até minhas falsas aceitações de que está tudo bem, não me convencem mais.

Eu tive que trancar minha porta, pois sabia que se abrisse eu não iria me conter e iria atrás de você para te fazer me ouvir. Mas foi tanto tempo sozinha, encarando as paredes que comecei a me perguntar se você vale mesmo todo esse sufoco.

Faz tempo que eu quero te dizer, só que você me fez chorar antes mesmo de abrir a boca e engasgada assim não daria para te convencer de que nem tudo é sentimento em mim, mas que também há razão em querer que você se sinta como eu sinto. Porém, a emoção me abraça, já faz tanto tempo que estou guardando que já não sei mais como ser racional nisso.

...Você tinha tudo para me ouvir e entender o que se passa aqui, mas você preferiu se isolar e se agarrar a ideia de que eu já estava apegada demais para ir embora.

Faz tempo que eu quero te dizer, mas você me disse outra vez que estava ocupado e depois a gente conversava. Mas o depois nunca chegou e não deu mais para esperar o dia em que você fosse me olhar e realmente me ver.

Eu já não tenho mais tempo para te dizer. Te digo, então, que eu sinto muito por você ter sentido tão pouco e que dessa vez sou eu quem não vai estar atrás de porta alguma que você bater.

Eu já não tenho mais tempo algum. Tenho pressa em sair desse sufoco. Só posso terminar dizendo que eu sinto muito, só que dessa vez não sinto por mim, sinto muito por você."

All day long

large (9).jpg

 

Bem, digamos que isto aqui não anda tudo claro como água e muito menos com sentido.

Sentido nisto tudo, vejo nenhum.

Entre estes quero e não posso, irrita-me um pouco, como se pode largar a mão a algo que nos faz feliz e que para além disso, tudo no universo diz que está certo, que não há lugar mais acertado para se estar. Nunca me senti no lugar que pertencia, até tu chegares, agora sei onde é o meu lugar no mundo, e podes ter a certeza que isso não desaparecerá. Não entendo, mas aceito, talvez um pouquinho mal, mas aceito. Tudo a minha volta me dá avisos e tal, ninguém pode saber o que era e como é. Nunca há bem a noção do verdadeiro sentido das coisas, se nem as pessoas que estão envolvidas quando mais as que vêem e sabem o que se quer que saibam.

Tenho um forte pressentimento que vai ficar tudo bem, mas o problema disto tudo é o tempo, não sei quanto tempo vai demorar, nem quanta saudade o meu coração poderá aguentar, e os picos de ai vai se tudo resolver e no fim os sentimentos e as pessoas vão ficar mais fortes ou isto vai tudo pelo ralo, o pior é mesmo a espera, a ansiedade, a falta que me fazes, tu nos meus dias sempre presente.

Entendo que às vezes é preciso espaço para nós próprios resolvemos coisas interiormente, e que por vezes fica difícil nos orientarmos e depois andar a adiar e a tentar lidar sozinho com as coisas também não ajuda, e que a única solução parece ser afastar por medo de magoar, expectativas, ou pelo simples fato que não nos sentirmos a 100% nós.

Mas aprendi e da maneira mais difícil, que sozinho as coisas podem passar, mas demora e custa muito mais, sofrimento a mais, quando que o mundo é bem mais fácil se resolvemos partilhar e deixarmos as pessoas que nos amam ajudar, se bem que não é fácil, nada fácil. Eu ainda hoje tento, mas é complicado, ainda não gosto de falar sobre o que verdadeiramente me atormenta, tem dias. Mas aos pouco e com as pessoas certas lá consigo mandar tudo cá para fora e fica um alívio, não só porque temos alguém a nos apoiar mas alguém com quer partilhar o que não nos deixa dormir, o que faz com que aquela lágrima esteja lá mesmo sem ninguém dar conta, ou porque as expressões faciais estejam tão carregadas mesmo com um sorriso. Como se diz "tristezas não pagam dívidas", e é verdade. Ainda temos um longo caminho de aprender a partilhar e a não ter receio de pedir ajuda, nem que seja falar, já faz milagres. Não tens de carregar o peso do mundo aos teus ombros.

Se tiveres a ler isto, eu vejo na tua cara e se reparares bem também vais notar, talvez seja uma das pessoas que melhor te conhece, sei os teus tiques, os teus hábitos, os teus humores e os teus olhos falam comigo sem a tua autorização. E tu bem que me conheces.

Se perguntarem e me virem, eu estou bem, continuo a fazer a minha vida normal de tédio, estágio, dormir, estágio, um cafezinho e portefólio. Um pai teimoso que desistiu de viver e que gosta de bem atormentar talvez seja pesado. Vou te continuar a orgulhar, eu sei disso. Vou acabar o curso este ano, quero-te lá a agarrar a minha mão, e com sorte daqui a um ano já terei a carta, depois levo-te e ai podes reclamar de como eu conduzo lindamente. Sabes que já sei o teu presente de Natal? Isto quando vem a inspiração uiuii. Faz-me tanta confusão não estar na tua vida todos os dias, nada era melhor que depois de um dia inteiro, estar contigo 2/3 horitas mesmo que elas fossem uma corrida.

E muito além disto tudo: vou cuidar de mim, passear mais, gostar mais de mim, continuar a sorrir por cada pensamento teu que me passa na cabeça, e também ter uns quantos ciúmes pequeninos. Sair mais com os meus amigos, mais cafés ao fim do dia, mais conversas, mais fotos, mais risos, mais prazer na vida.

E que tu encontres o caminho de volta para a nossa caminhada que ainda agora começou, e que percebas que o caminho é muito melhor quando a minha mão esta entrelaçada na tua.

Saudade que é esta, e só tu podes curar.

What's the use of crying

large.gif

 

Palavras estão a me faltar para expresar esta situação toda. 

Se me sinto bem? Não, tou com um vazio que só consigo disfarçar para os outros, mas que sinto cada bocadinho. 

Do nada te tiraste de mim, esperando que fosse o necessitavas...

Tou aqui a horas a tentar expressar e nada me sai.

Desisto...