Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Invisible Girl Daily

Sou do tipo de pessoa que molha a casa depois da banho, come doces antes do almoço, briga com amigos as vezes sem razão, come toda a pipoca durante os trailers, erra, mas afinal quem é perfeito? Aproveite a vida enquanto a tempo.

Invisible Girl Daily

Same world but...

Daquele momento era tudo o que queria. No ontem era, no hoje um não sei. Memórias, palavras ditas, momentos, pessoas, lágrimas, sorrisos... É nisso que o meu eu interior anda. Recordações. Penso nas pessoas que já perdi, penso nas que não quiseram ficar na minha vida. Disto tudo em quem pôr a culpa? Eis a questão, em ninguém ou em ambas as partes? Há simplesmente coisas que não podemos controlar. Mudamos, crescemos, descobrimos o nosso caminho, por outro lado eles também. E chega a um certo ponto em que esses caminhos simplesmente deixam de seguir juntos, uns até se cruzam de vez em quando mas outros seguem lados opostos. É como tudo, simplesmente continua a mudar. Mas às vezes está ao nosso alcance fazer algo para que esses caminhos não se deixem de cruzar. 

Por um lado pomos fé em pessoas que acabam por ser "erradas" e em trocas esquecemos um pouco das que valem a pena. Erramos e com isso aprendemos a ser melhores, mudamos para o que achamos que seja uma melhor pessoa.

Não gostamos de ser magoados, mas isso é inevitável quando se trata de uma relação entre humanos. Porque cometemos erros, não somos perfeitos. E essa é uma parte maravilhosa. Humanos, sentem, pensam, não vivem sozinhos.Tentam melhorar dia após dias.

Eu mudei, eu mudo e isso nem está perto do fim. É bom evoluir como ser, como pessoa vou sempre tentar fazer o que acho melhor, o que a meu ver é o melhor tanto para mim como para os outros. Daí sermos todos diferentes. Cada um pensa e sente de maneira diferente. O que para mim é uma laranja para alguém pode ser um limão.

Tudo na vida se muda, estamos em constante evolução... O problema é que normalmente temos medo da mudança, medo de arriscar.

 

 Verdade sinto saudades de quem não devia, quem provavelmente não sabe mais quem eu sou, penso no que podia ter feito diferente, penso se foi melhor assim. Mas quando essa pessoa muda tanto que simplesmente fica irreconhecível aos nossos olhos? Essas mudaram, e a mudança foi na direcção errada da nossa.