Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Invisible Girl Daily

Sou do tipo de pessoa que molha a casa depois da banho, come doces antes do almoço, briga com amigos as vezes sem razão, come toda a pipoca durante os trailers, erra, mas afinal quem é perfeito? Aproveite a vida enquanto a tempo.

Invisible Girl Daily

Um dia tudo muda...

Nunca pensei sentir-me assim tão pesada mas ao mesmo tempo tão vazia.

E eu só espero que um dia tu percebas o quanto eu te amei, e o quanto eu dediquei a este amor, me dediquei a ti. Eu também espero que quando tu perceberes não seja tarde demais. Que o meu coração não se tenha cansado de te amar. Lembra-te eu estive aqui o tempo todo, tu simplesmente não viste.

Admito sou uma estúpida. Acreditar em promessas. Mas quem é que acredita hoje em dia. Sei simplesmente que foi uma desculpa para acabar com isto, que há muito tinha acabado, mas nenhum de nós tinha coragem para falar em voz alta. Mas dói não teres feito cara a cara. Pensei que valíamos mais do que uma mera mensagem azeda. O que me põe a questão significou algo para ti? Ou foi uma mentira este tempo todo?

Agora duvido de tudo, de todos e principalmente de mim. Nunca imaginei que poderia ficar assim por alguém. Dou-te os meus parabéns conseguiste fazer o que dizias que nunca ias fazer. Me magoar. Sei que não te interessa porque estás feliz e tal. E eu aqui a me sentir triste, sozinha, uma tonta... Mas who cares right? 

Mas não podes pôr as culpas em mim. Sei que podia ter feito tudo diferente, talvez hoje o destino fosse outro. Desculpa mas não posso ficar com as culpas todas. A meu ver fizemos os dois porcaria. Eu tentei juro que tentei ir atrás mas simplesmente não deu. Cansei. Talvez um dia repares na porcaria que fizeste e dês conta que eu dei-te valor e até demais. Isso de dizeres que não dei é mentira, magoa dizeres mas tu lá sabes. Acredita para uma pessoa que não me iria magoar fizeste uma belo trabalho não haja dúvidas, as tuas palavras foram como facas para mim. Eu sou uma estúpida por estar aqui a chorar por ti, pelo que tivemos. Talvez o problema foi eu me importar demais, eu me dar demais. Mas por mais que tente não consigo estar-me a cagar para ti, a partir de agora com todas as minhas forças isso vai mudar.

9 comentários

Comentar post